in

Empresário diz que precisou investigar por conta própria ladrões de sua empresa

Ação foi bem sucedida e ele recuperou R$ 90 mil de material roubado

O empresário José Francisco de Lima, 57 anos, teve sua empresa roubada na madrugada do dia 4 de setembro. Na ocasião, homens armados invadiram a indústria, na Avenida Sete Quedas, renderam um trabalhador e roubaram peças de aço inox utilizando um caminhão.

Segundo ele, um funcionário que prestava serviços para a empresa teve envolvimento no crime e chegou a confessar. “Eu levei todas as provas para a Polícia Civil, mas nada foi feito”, lamenta.

Ao Jornal de Itu, José relata que começou então uma investigação por contra própria que resultou em descobrir parte do material do roubo em MogiGuaçu, nesta segunda-feira, 25.

Ele chegou ao local e chamou, em seguida, Guardas Civis Munipais que constataram grande quantidade do produto de roubo em um comércio de sucatas no Jardim Serra Dourada.

Na inspeção ao local, os guardas questionaram o proprietário a respeito do mesmo. Sem conseguir apresentar uma versão que justificasse a origem dos produtos, e com o empresário reconhecendo seu material, o responsável pelo comércio de sucata foi detido e encaminhado à CPJ (Central de Polícia Judiciária).

“O receptador, porém, saiu pela porta da frente da Delegacia. Eu, aos 57 anos, tive que investigar tudo por conta própria e ainda falta material roubado”, lamenta.

Questionamos a Secretaria de Segurança Pública sobre o caso e aguardamos retorno.  

O post Empresário diz que precisou investigar por conta própria ladrões de sua empresa apareceu primeiro em Jornal de Itu.

O que achou disto?

Proposto pra pensar por Carlos Diego

Oficina de mediação de leitura está com inscrições abertas

Obras da Barragem do Piraí começam em 2022 prometendo trazer água para Itu