Ansiedade predomina entre os estudantes que participaram do Enem 2019

A “zoeira” dos memes dá conta de deixar de lado a ansiedade dos participantes Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Isso porque a nota da prova é fundamental para o ingresso no ensino superior público e privado por meio de programas do governo como o Sisu e o Prouni, cujas inscrições estão programadas para a semana que vem.

Tawan Lopes, de 19 anos, é uma das 3,7 milhões de pessoas que fizeram a prova nos dias 3 e 10 de novembro do ano passado e espera ansioso pelas notas. Para o jovem, o resultado do Enem definirá os seus próximos passos em relação ao futuro nos estudos. Segunda vez participando do Enem, Tawan espera neste ano ser estudante do curso de Direito ou Psicologia, sua segunda opção de graduação, da Universidade Federal da Bahia (UFBA).

Previstas para serem divulgadas nesta sexta-feira (17), as notas do Enem poderão ser conferidas na Página do Participante ou no Aplicativo do Enem e serão disponibilizadas por área de conhecimento: matemática e suas tecnologias; ciências humanas e suas tecnologias; linguagens, códigos e suas tecnologias e ciências da natureza e suas tecnologias. Além da nota da redação, que vai de 0 a 1000 pontos.

Independentemente dos resultados, o fundamental é manter os estudos em dia. Seja para encarar a futura graduação ou se preparar mais um ano para o Enem. É como pensa Tawan que não quer deixar de lado o foco de estudar em uma universidade pública.

“Se eu não conseguir nesse semestre, pretendo mais uma vez fazer cursinho pré-vestibular e intensificar minha preparação para concretizar meu sonho de estudar numa universidade pública que seja referência no país”, conclui o estudante.

Fonte: Agência Educa Mais Brasil

O post Ansiedade predomina entre os estudantes que participaram do Enem 2019 apareceu primeiro em Jornal Cruzeiro do Sul.