in

ROUND 6 DEVERIA SER JOGO DA LULA: SOCOS NO ESTÔMAGO DOS BRASILEIROS

round2Bprinc
Estou quase acabando de ver a série coreana Round 6, que no resto do mundo se chama Squid Game, ou Jogo da Lula. Estou gostando bastante. Sem dúvida meu episódio favorito é o quarto, aquele do cabo de guerra. O sexto, das bolinhas de gude, também é muito bom. 

Publico aqui um texto muito bacana da Naila sobre a série. Naila Castro é redatora, tradutora, blogueira , roteirista e designer.   

round2Bbola
Mudaram até o título original

round2Bmenina
A série de maior sucesso atual na Netflix está mexendo com os brios dos brasileiros. Por uma série de motivos, a trama originalmente sul-coreana toca em pontos sensíveis aos quais muitos poderiam questionar se realmente se trata de entretenimento ou se basicamente não estamos vendo um retrato da vida atual.

round2Bcores
O Brasil, um grande consumidor de séries em streaming, respondeu bem ao sucesso em evidência, mas também levantou uma série de paradigmas e polêmicas sobre o desenrolar da trama e sobre como de diversas maneira a vida real é retratada pela arte de maneira muito mais intimista do que a distância de uma tela.

round2Bjogo
1- Impossível não se identificar com a trama

Nos dias atuais, estamos sentindo na pele os efeitos da pandemia aliada à crise econômico-política que assola o país. A distopia brasileira tomou proporções tão reais que parece mesmo que estamos dentro de uma trama. Dívidas, desemprego, sopa de ossos para matar a fome. Idosos, crianças e mulheres evidenciam a disparidade.

round2Bduas
Os personagens da série são extremamente humanos, no sentido amplo. Falham, insistem nos erros, demonstram amar os outros, mas primeiro a si mesmos. A história trata de sobrevivência. Também está em jogo que todos em algum nível demonstram suas fraquezas. Vence aquele que souber aceitá-las.

round2Bvialo
2- Para todo malandro existe um mané

A musica de Bezerra da Silva traduz bem o desenvolvimento da trama e porque ela remete bem à lei de Darwin ao estilo brasileiro: só o mais esperto sobrevive. Por outro lado, para entrar no jogo, todos têm que estar convencidos de que podem se dar bem. Durante a trama, há uma série de situações em que percepções e improvisos definem o jogo.

round2Bfila
3- A trilha sonora é de matar

Toda a música da trama parece ser muito importante para o desenvolvimento. Temos música coreana para as cenas que envolvem o ambiente do país, música clássica para a chamada nos alojamentos e jazz raiz para cenas que envolvem luxo e sofisticação. Há ainda momentos pontuais como música infantil envolvendo o jogo.

round2Bterror
4- Qualquer escolha é ruim

Com certeza, o jogo não foi feito para agradar os jogadores. O tempo todo ocorre a ilusão da amizade e união de personagens mas no fundo eles não podem esquecer que somente um será o vencedor. Por outro lado, poderiam decidir não entrar no jogo. E aí voltariam para a vida real e seus problemas sem soluções.

round2Bmultidao
5- Dinheiro é uma promessa divina

O que move a trama é o dinheiro, mas não se trata de cobiça. É a motivação que leva os personagens até a promessa de recompensa. Todo esforço valerá a pena no final? O desespero é o gatilho emocional de todos e é nesse ponto que os personagens cativam os fãs da série. Na vida real, o dinheiro também se apresenta como solução final de todos os problemas.

round2Balivio2Bcom
6- A disparidade entre ricos e pobres

round2Bbiscoito
Se fosse uma novela do Walcyr Carrasco, já esperaríamos que “os humilhados serão exaltados,” o que costuma ser um clichê. Mas o que a série deixa bem claro é que tanto ricos quanto pobres buscam um objetivo e mesmo os que têm muito não parecem satisfeitos, enquanto os que não têm nada lutam pelo pouco que possuem: relações pessoais, teto, comida, liberdade. Dinheiro representa tudo isso que faz falta. O pobre sabe, mas o rico ambiciona uma plenitude que espera que o dinheiro cubra: a felicidade, os momentos que valham a pena ou simplesmente entretenimento exclusivo.

round2Btitulo
Uma curiosidade: por questão política, a série mudou de nome no Brasil

round2Btitulos2Bem2Boutros2Bpaises
O nome original da série é Squid Game, o que significa o Jogo da Lula. O significado do nome é apresentado logo na primeira cena da série, uma referência a um popular jogo infantil sul-coreano. Porém, no Brasil, internautas apostam que a Netflix quis fugir do viés político, pela coincidência com o nome e a história do ex-presidente Lula.

Após ser acusado de uma série de crimes e ficar preso por 580 dias, o ex-presidente tem conseguido provar sua inocência na justiça e é o favorito para as próximas eleições. A Netflix, no entanto, nega. A justificativa da empresa para escolher Round 6 foi ser o nome original que mais aproxima a série do público gamer.

round2Bguerreiros
Em Portugal, prevaleceu Squid Game , de forma que o nome se aproxima da mesma forma ao público-alvo. Ainda assim, como o momento atual no cenário político é entremeado de incertezas, a Netflix deixou claro que não quer se envolver nos problemas dos brasileiros.

Vale a pena assistir, mas dói

Há momentos em que questionamos se todo entretenimento vale a pena. A trama da série nos dá o viés de acreditar que é fatídico que os mais ricos se divirtam com o sofrimento humano dos mais pobres. É brutal, mas ainda assim, a trama faz sucesso em todas as classes. A empatia explica. Embora grotesco, nos identificamos com a trama e os jogadores.

O post “ROUND 6 DEVERIA SER JOGO DA LULA: SOCOS NO ESTÔMAGO DOS BRASILEIROS” foi publicado em 26th October 2021 e pode ser visto originalmente na fonte Escreva Lola Escreva

O que achou disto?

Comissão aprova inclusão do crime de feminicídio em Código Penal Militar

o me engana que eu gosto do LinkedIn