in

POLÍCIA IMPEDE ADOLESCENTE DE REALIZAR MASSACRE EM ESCOLA DE CABO FRIO

mass2Bcabo2Bprinc

Dois dias depois do massacre em Saudades, SC , e no mesmo dia em que as polícias civil e  militar protagonizaram uma chacina em Jacarezinho, um adolescente de 15 anos se preparava para cometer um atentado em escolas de Cabo Frio, região dos Lagos no Rio de Janeiro.

mass2Bcabo2Bmaterial
Segundo o delegado Carlos Eduardo Almeida, titular em Cabo Frio, o laboratório de crimes cibernéticos de Brasília enviou ontem à noite a informação de que um massacre poderia acontecer. Então a polícia civil foi hoje às 7 da manhã a locais apontados nos relatórios e encontrou o adolescente na casa dos pais, junto ao material que seria usado no atentado (botas nazistas, martelo, bombas caseiras, facas). Um caderno com ilustrações nazistas também foi apreendido. 

mass2Bcabo2Bmaterial2Bmartelo
O adolescente assumiu que iria cometer o atentado, e a mãe obviamente ficou chocada. O rapaz foi internado por ameaça terrorista, pois precisa ser retirado do convívio social e receber ajuda psiquiátrica. A polícia seguirá investigando os lugares que o rapaz frequentava na internet e se agia sozinho. 

É exatamente isso que pedimos tanto que a polícia faça: que use a estrutura e a inteligência que tem para monitorar chans (fóruns anônimos) que são verdadeiros criadouros de terroristas misóginos e impedir que eles ajam. E que exista comunicação entre as várias polícias de cada estado.

mass2Bcabo2Bcaderno2Bkkk
Claro que, além da ação policial, é preciso um trabalho educativo para ver o que se passa na cabeça de meninos que são tão facilmente cooptados por grupos neonazistas. Os pais devem sempre conversar com os filhos, e deveria haver espaço nas escolas para diálogos francos contra os preconceitos. E é imprescindível que as plataformas na internet tenham responsabilidade sobre o que passam aos seus usuários. 

mass2Bcabo2Bmanchete
Ontem mesmo uma mãe me contou que tem um filho autista de 15 anos que adora história, o que o faz ver diversos vídeos no YouTube sobre o tema. Em pouco tempo, essa mãe notou que a plataforma direcionava seu filho a conteúdo fascista. O algoritmo do YT e os comentários nos vídeos o levavam a canais de extrema-direita, alguns muito violentos. Foi a partir daí que essa mãe passou a pesquisar e chegou ao meu nome, e passamos a nos seguir no Twitter. Isso foi um dia antes do massacre em Saudades.

Por sinal, quem me passou o link para uma das notícias sobre o caso em Cabo Frio foi um agente da Polícia Federal a quem envio denúncias. Muito obrigada!

O post “POLÍCIA IMPEDE ADOLESCENTE DE REALIZAR MASSACRE EM ESCOLA DE CABO FRIO” foi publicado em 6th May 2021 e pode ser visto originalmente na fonte Escreva Lola Escreva

O que achou disto?

Programação Cine Plaza Itu – 06/05 a 12/05

Ituano tem jogo decisivo nesta noite