in

Moça que ficou presa embaixo de carro na Marginal fala em “livramento”

Ela nem imaginava que, em fração de segundos, iria passar por momentos dramáticos

Funcionária de uma loja no Plaza Shopping, Carolina Lanes, 25 anos, saiu do trabalho na sexta-feira, 13, para ir fazer os cílios. Resolveu, porém, ir antes para casa, tomar banho. Como sempre fazia, pegou sua moto e seguiu via Avenida Octaviano Pereira Mendes, para chegar até o Bosque Santa Rosa.

Ela nem imaginava que em fração de segundos, iria passar por momentos dramáticos. Uma motorista que atravessava a avenida atingiu sua moto. Ela recorda que “voei por cima do veículo e cai no chão. Eu achei que a motorista ia parar o carro, mas ela se assustou, e foi para a frente, passando por cima de mim. Quando ela percebeu, tentou voltar. O meu capacete trincou e eu debaixo do carro, com o corpo na lateral e a cabeça pra trás. Um braço ficou preso e com outro eu comecei a dar socos debaixo, gritar, pois havia sangue no meu nariz e eu estava parando de respirar. Eu bati com o pulso tão forte que nem percebi, mas era a parte do escapamento, queimou meu braço mas na hora eu nem senti”, diz ela.

Seus gritos foram ouvidos e o carro foi levantado por cerca de oito homens. A cena é impressionante.

“Foi desesperador. Eles diziam para eu não me mexer, mas eu não consegui mesmo, pois não sentia a minha perna. Fiquei ali, deitada no meio da rua, por um tempo. O acidente foi 17h30, cheguei no Pronto Atendimento as 18h50”, conta.

Naquela noite, ela não dormiu mesmo medicada. “Eu fechava o olho e via o carro encima de mim”.

Apesar das dores que ainda sente, com diversos hematomas pelo corpo, ela diz que trincou o joelho e aguarda para saber se haverá sequelas. “Foi um livramento. Estou com a perna engessada, não consigo fazer nada, mas eu estou bem”.

A motorista do carro entrou em contato com ela. “Eu entendo o lado dela, eu dirijo carro também. Além disso, eu trabalhei na farmácia em frente ao local do acidente, eu via acidente direto ali. Estão esperando algo mais grave acontecer para tomarem providências”, pontua. A câmera de segurança da farmácia registrou o acidente.


E deixa um alerta. “Preste mais atenção no trânsito. Não saia com a cabeça quente. Ela disse que não me viu, eu entendo que o local é complicado, que algo precisa ser feito antes que alguém morra. Eu sobrevivi, foi livramento…”

O post Moça que ficou presa embaixo de carro na Marginal fala em “livramento” apareceu primeiro em Jornal de Itu.

Fonte

Publicado em May 20, 2022.
O post “Moça que ficou presa embaixo de carro na Marginal fala em “livramento”” pode ser visto originalmente diretamente na fonte Jornal de Itu

O que achou disto?

Proposto pra pensar por Agenda Itu RP

Mulher tem pertences roubados e carro quebrado dentro de estacionamento de shopping

Coletivo RPU Brasil aponta retrocessos em recomendações de direitos humanos sobre as quais o Brasil deve prestar contas à ONU este ano